quarta-feira, 29 de maio de 2013

Jogador Nº. 1

Postado por Emília e Gabriela às 15:28

                                               



  • Ficha técnica
Autor: Ernest Cline
Editora: Leya
Páginas: 464
Nota:  


O ano é 2044, e o mundo real está numa terrível situação. Como a maioria das pessoas, Wade Watts escapa de sua desanimadora realidade passando horas e horas conectado ao OASIS - uma utopia virtual que permite a seus usuários ser o que eles quiserem, um lugar onde você pode viver e se apaixonar em qualquer um de seus milhares de planetas. E, como a maioria da humanidade, Wade sonha em encontrar o grande prêmio que está escondido nesse mundo virtual. Em algum lugar desse playground gigante, o criador do OASIS escondeu uma série de enigmas que premiará com uma enorme fortuna - e um poder muito grande - aquele que conseguir desvendá-los. Durante anos, milhões de pessoas tentaram, sem sucesso, encontrar esse prêmio, sabendo apenas que os enigmas de Halliday se baseiam na cultura pop da época que ele adorava: o fim do século XX. E, durante anos nessa busca, milhões descobriram outra válvula de escape, estudando de modo obsessivo os símbolos de Halliday. Como muitas pessoas, Wade discute os detalhes da obra de John Hughes, joga Pac-Man e canta as músicas do Devo enquanto ganha terreno no OASIS. E então Wade encontra o primeiro desafio. De repente, o mundo todo se volta para acompanhar seus passos, e milhares de competidores se unem na busca - entre eles, jogadores poderosos e dispostos a cometer assassinatos para tirar Wade do caminho. Agora, a única maneira de Wade sobreviver e proteger tudo que ele conhece é vencer. Mas, para isso, talvez tenha que deixar para trás sua perfeita existência virtual e encarar a vida - e o amor - no mundo real do qual ele sempre fugiu desesperadamente.


Imagine morar em um planeta onde não dá mais comida, moradia e saúde de qualidade. A pobreza, a escassez de absolutamente tudo fariam parte constante da sua vida. A sua única saída seria um videogame, o OASIS. O OASIS é um jogo em que nada é impossível! Lá é possível trabalhar, estudar, criar dragões, ter planetas só para você! E, além de tudo isso, ainda é um meio de fugir da dura realidade da época. 
A história com Wade, um órfão pobre, geek e super inteligente de 18 anos que é viciado no jogo e que procura loucamente pelo prêmio de Halliday. Mas espera, o que é isso? Acontece que quando James Halliday (o criador de todo o jogo) morreu, ele deixou TODA a sua fortuna escondida em algum lugar do OASIS. Só que para conseguir todo esse dinheiro, os caça-ovo devem seguir enigmas deixados por ele. 
Confesso que não sou fã da cultura dos anos 80, muito menos sei dessas coisas sobre videogames. Mas a leitura foi uma das mais prazerosas da minha vida!
Apesar do livro fazer referência à incontáveis videogames e músicas daquela época, a leitura não é interferida por isso. Aliás, pelo contrário. Essa quantidade louca de informações dá vontade de ouvirmos todas as músicas e jogarmos todos os videogames mencionados por Wade. 
Os personagens são muito bem construídos e todos eles são inteligentíssimos. São tantos enigmas e reviravoltas durante a leitura, que a gente fica curioso e ao mesmo tempo desesperado porque está chegando ao fim. Pelo menos, eu me senti assim. 
E bom, eu recomendo demais esse livro! Se você quer um livro diferente, vá ler Jogador Nº 1. Você não vai se arrepender, eu juro. 


Gostou da resenha? Fala com a gente nos comentários! Estamos aceitando críticas, sugestões, etc! 
Beijão, 

Mila (que amou cada segundo da leitura e que está inconformada porque a história não tem continuação)




3 comentários:

Gabriel Ribeiro Gomes on 29 de maio de 2013 17:38 disse...

Oie :)

Nossa eu preciso muito ler esse livro, acho que ele combina demais comigo, principalmente por ter games envolvidos hahahaha, beijos !!

http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

Priscila Domingues on 2 de junho de 2013 20:29 disse...

Oláaa meninas! Interessante o livro! Gostei da resenha!
Tagueei vcs la´no blog! Espero que goste!

Beijos

http://soueupri.blogspot.com.br/2013/06/tagselinho-4-alfabeto-literario.html

Natana Duarte on 21 de junho de 2013 03:14 disse...

Nossa parece ser bom... Quero ler...

Dá uma passadinha no meu blog, tem promoção rolando lá!

bjos

Colecionando-livros.blogspot.com.br

Postar um comentário

 

Na Prateleira Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos